jusbrasil.com.br
22 de Agosto de 2019

Para Barroso, mensagens vazadas da Lava Jato são "fofocada produzida por criminosos"

Canal Ciências Criminais, Estudante de Direito
há 19 dias

Por Redação

Nesta sexta-feira (2), durante uma palestra na cidade de São José dos Campos (SP), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso comentou as mensagens vazadas da operação Lava Jato. Conforme Barroso,

é difícil entender a euforia que tomou muitos setores da sociedade diante dessa fofocada produzida por criminosos.

Durante sua fala em um evento da Associação Comercial e Industrial da cidade, Barroso alertou para a atual situação do país, afirmando que

parte da agenda brasileira foi tomada por criminosos.

Barroso disse ainda que nada encobre a corrupção sistêmica que se instalou no Brasil. Citando a Petrobras, o ministro afirmou também que a estatal foi “devastada pela corrupção”:

Nada encobre o fato de que a Petrobras foi devastada pela corrupção. Não importa o que tenha, não importa o que saia nas gravações (...). Nada encobre a corrupção sistêmica, estrutural e institucionalizada que houve no Brasil.

Veja o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=UwBlVjoN8rA

Fonte: Canal Ciências Criminais


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

6 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Concordo plenamente com o Min. Barroso no que concerne às eventuais mensagens, caso venham a ser periciadas, que comprovem irregularidades da equipe de Lava Jato. No entanto, no que concerne às mensagens, segundo foi noticiado, de quase mil autoridades dos Três Poderes, o que não for da intimidade, deve vir a público, e isso é imperioso nas atuais circunstâncias. Quando vemos Ministros do Supremo e a cúpula de outros tribunais pelo País a fora jactando-se de que procuradores/promotores e magistrados de primeira instância não podem processar Ministros, a situação é muito preocupante. O próprio STF já restringiu o foro privilegiado e só falta a votação na Câmara para que seja aprovado o fim do foro privilegiado. TODOS são iguais perante a Lei. Quanto ao COAF e ao sigilo fiscal e bancário, sou de opinião, como muitos, de que servidores públicos não devem ter esse sigilo assegurado enquanto exercerem função pública. Há projetos de lei nesse sentido que algum dia serão aprovados. continuar lendo

Exato. Sem perícia não passam de fofocas. continuar lendo

Vc deve ter votado no mito. Parabens. continuar lendo

Eu votei no Mito e estou decepcionado.

Não havia opção. Todo mundo sabia das intenções do candidato ventríloquo do encarcerado de Curitiba.

A conclusão é simples: somos um país sem solução. continuar lendo

A Lavajato caminha a passos largos para seu fim junto ao Supremo.

Ela possui alguns erros que são comuns em ações desse porte e que não servem para desmerecê-la ou deslegitimá-la.

O apoio popular é exclusivamente virtual, e só isso não resolve.

Ao final, voltaremos a um estágio infinitamente pior do que estávamos antes da operação. continuar lendo

É Sr Ministro, quem dera fosse fofocas! Existe uma linha de ferro neste Brasil varonil. Fazem mudanças e mais mudanças, mas a página do livro continua a mesma. E no final quem leva fumo grosso é o povo brasileiro, com os ataques contra o governo e autoridades, podemos perceber esta linha de ferro, que procura manter bem protegido seus interesses peculiares. Somos um país com vários países no mesmo ponto geográfico, muitas negociatas para fazer as coisas acontecer de verdade, deveríamos mudar o nome da C.F. e colocar a Constituição Gersiana, que significa o país das leis vantajosa para a nata cristalina da sociedade. Acorda Brasil. continuar lendo