jusbrasil.com.br
23 de Setembro de 2021

Acusado de roubo se desespera ao reconhecer juíza como sua amiga de infância

Por Redação

Canal Ciências Criminais, Estudante de Direito
há 6 anos

Detido na segunda-feira (29/06/2015) como suspeito de roubo de veículo nos Estados Unidos, Arthur Booth, 49 anos, desesperou-se ao reconhecer, em seu julgamento, a juíza Mindy S. Glazer como uma velha amiga de infância.

“Senhor Booth, tenho uma pergunta. Você frequentou [a escola] Nautilus?”, questionou a juízaao perceber o rosto do homem.Oh meu Deus! Oh meu Deus!”, disse Booth ao olhar para a magistrada.

Triste com o destino de seu amigo, a juíza deu conselhos para que o homem aprendesse a lição e mudasse de vida.“Sr. Booth, espero que você seja capaz de mudar seu comportamento. Boa sorte”. “Espero que seja capaz de sair desta situação e tenha uma vida boa.”, completou.

O caso aconteceu nesta terça-feira (30/07/2015). Veja a reação do preso:

http://www.youtube.com/embed/I5CMh8SMjOw

90 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Há pessoas que tentam reduzir a criminalidade à falta de educação. A escola é uma etapa de nossas vidas, mas mesmo pessoas sem estudo e pobres podem ser honestas e trabalhadoras ... antes se falava na "regra" dos 3 P's.

Os crimes cometidos por Collor, Renan, Dirceu, Lula, Sarney, FHC, Des. Lalau, etc., só nos mostra que a criminalidade vai muito além das escolas. Por que não estão presos? Esse sim é o grande vício a ser sanado.

Deve haver educação e política social, isso pode diminuir a criminalidade, mas esta nunca será sanada, é um mal do ser humano, só resta punir aos bandidos.

Oportunidade para quem precisa, prisão para quem merece. continuar lendo

De acordo. O social influencia, mas o caráter determina; evidentemente há as exceções comportadas pelo estado de necessidade e pela legítima defesa (esta última inaplicável aos casos de crimes contra o patrimônio). continuar lendo

A maioria das pessoas tornam-se frutos do seu meio. A família é o pilar mais importante para a formação de um cidadão, acredito. continuar lendo

Se fosse assim ,todo pobre,filho sem pai,vitimas de abuso e violencia domestica todos sem excessao seriao criminosos ,a maldade vem da falta de caráter e de pessoas que nao sabem pensar por si só. continuar lendo

Concordo 100000% Palavras lúcidas como essas deveriam nortear nossas políticas públicas nas área de educação. continuar lendo

De acordo! Bem lembrado. Uma ótima resposta para questões semelhantes e que são levantadas sazonalmente por veículos de informação. continuar lendo

Há pessoas Armpit que reduzem a Educação à escola. Educação e Escolarização são questões muito distintas. Quando se fala em Educação como fator primordial para se reduzir a criminalidade não se está restringindo Educação à Escola. Como você mesmo coloca a criminalidade vai muito além das escolas. Assim como também vai a solução desta. Educação é algo muito mais amplo, é formação que se recebe em casa e em outras instituições contra turno escolar. Não me refiro também aqui à Escola em Tempo Integral, outro quesito que deve ser diferenciado da Educação Integral, esta sim, contribuinte à formação adequada do Ser Humano. continuar lendo

DISCORDO! Educação não é somente aprender matemática, português, química, a ler, escrever, falar bem.... Educação não acontece somente em escolas. Educação é algo muito acima disso. Ela molda o caráter. A educação mostra que ser ético, ser honesto, vale mais a pena...

Independentemente de ter (tido) acesso à escola, de ser favelado, marginalizado, rico, pobre, se é Collor, Renan, Dirceu, Lula, Sarney, FHC ou Lalau, SE é criminoso, não teve educação.

O principal problema do Brasil é sim a falta de educação! continuar lendo

Fico feliz em encontrar alguém que tenha uma visão inteligente sobre os corruptos. Vivemos hoje um grande envolvimento de políticos de todos os Partidos, mas alguns, brasileiros não querem enxergar que a corrupção vai além da compreensão da maioria dos Brasileiros. Percebe-se que esta dentro de varias instituições, onde nem mesmo o Judiciário saiu ileso. E vai mais além ainda, mas quem sou eu para comentar, mesmo que diga, de nada vai adiantar. Se nos brasileiros, fossemos mais unidos, poderíamos nos organizar, e investigaríamos o que se passa no Brasil, mas com certeza, surgiria entre nos algum traidor, e nos deletaria. Este é o meu País. Se vendem por qualquer quantia. Falta Patriotismo, Amor a este País. continuar lendo

Desculpe colegas,

Mas ninguém pode dizer que nossos políticos não tiveram uma educação familiar.

Não estávamos lá para dizer se sim ou se não ... mesmo um pai e um mãe honestos podem ter um filho criminoso, marginal.

Conheço diversos pais que deixaram de ter um mínimo pra si para investir na educação dos filhos, e não é preciso ver longe para saber que esse ato vai além de pagar a mensalidade de uma escola melhor, ou comprar livros.

O crime vem principalmente do caráter de cada um. continuar lendo

As pessoas vivem reclamando de que não recebem oportunidades. Recebemos oportunidades dia após dia, tanto para o bem como para o mal.
A questão é “estamos receptivos a essas propostas?”. Em um mundo como estamos hoje precisamos de raciocínio rápido e boa aderência do que se passa ao nosso redor. continuar lendo

Receberam mesmo ensino, caminhos com destinos diferentes continuar lendo

No meio do caminho há, dentre outros, o fator espiritualidade. Há quem não tenha obtido forças para seguir a trilha da intuição, que sempre nos conduz à trilha do aperfeiçoamento, ou seja, da Moral e da Ética. A intuição é a voz do Espírito e há Espíritos que ainda não conseguir dominar as más tendências. É por causa disso, aliás, que é muito importante a congregação religiosa, seja ela qual for. Além da boa educação formal, claro. continuar lendo

Show de bola,disse tudo!!! continuar lendo

“E vós não sabeis o que sucederá amanhã. O que é a vossa vida? Apenas, como uma neblina e aparece por um instante e logo se dissipa” Tg 4.14

Os indivíduos geralmente têm oportunidades para realizar seus projetos, mas nem sempre aproveitam, temos nas escrituras um exemplo e ao mesmo tempo uma advertência a todos “a parábola dos talentos”. Esta enfatiza que as boas oportunidades jamais devam ser dissipadas. Discorreremos nesse esboço sobre pessoas que quase perdiam oportunidades, as que desperdiçaram, fatores que podem levar uma pessoa a não aproveitar as boas oportunidades e as pessoas que aproveitam todas as oportunidades facultadas. continuar lendo

O tempo não fica amarrado ao poste como o cavalo, à manjedoura. Ele passa como o vento, e o que mói seu milho com o vento precisa pôr em movimento as velas do moinho. O que boceja até ser alimentado fará isso até morrer. Não se consegue nada sem sacrifício além de pobreza e sujeira. De acordo com o antigo dito: "O Jack progrediu por causa de sua estupidez". Penso que o Jack veria que isso é muito diferente hoje, mas o Jack, em tempo algum, progrediria pela tolice, deixando as oportunidades presentes escaparem dele, porque as lebres nunca chegam perto da boca dos cães enquanto eles dormem. Pois para quem tem tempo e espera sempre um momento melhor, chega o momento em que se arrepende do tempo perdido. Não adianta ficar deitado chorando: "Deus me ajude!". Deus ajuda os que ajudam a si mesmos. Quando vejo um homem que declara que as coisas não vão bem e que nunca tem sorte, em geral, digo a mim mesmo: "Aquele ganso velho não se sentou sobre os ovos antes de estarem todos fecundados e agora culpa a providência porque eles não chocaram. Na realidade, eu nunca tive fé na sorte, mas, em casos excepcionais, acredito que a sorte auxilia um homem a passar sobre um fosso se ele pular bem e coloca um pedaço de bacon em seu alforje se ele correr atrás de um porco. A sorte geralmente vem para aqueles que procuram por ela, e a meu ver ela bate na porta de todo mundo, pelo menos uma vez na vida, mas se não aproveitamos a oportunidade, ela vai embora. Os que perderam a última chance e deixaram cada oportunidade passar por eles, amaldiçoam a providência por pôr tudo contra eles:" Se eu fosse um chapeleiro, os homens nasceriam sem cabeças ". Outro diz:" Se eu fosse procurar água no mar, ele secaria ". Todo vento é louco para um navio desgovernado. Nem os sábios nem os ricos podem ajudar quem recusou ajudar a si mesmo por muito tempo. João Lavrador, de forma muito gentil, envia seus cumprimentos aos amigos e agora que a colheita terminou e o lúpulo está todo colhido, ele, conforme prometeu, pretende dar-lhes um pouco de poesia apenas para testar o polimento. João pediu que o ministro que lhe emprestasse as obras de um poeta, ele enviou a obra de George Herbert – sem dúvida, muito bom, mas tão difícil como Harkaway Wood. No entanto, uma boa parte desses estranhos versos antigos, de vez em quando, ainda aparece como cachos de nozes muito doces, mas algumas delas são ainda mais difíceis de quebrar. Embora o verso, a seguir, esteja próximo do que falei, na verdade, ele é bem simples, e João, apesar de pedir perdão ao poeta, não vê rima nele. Entretanto, como é de autoria do grande Herbert, ele tem de ser bom e é o bastante para ornamentar a palavra de João, como a flor colocada na lapela de um paletó domingueiro. continuar lendo

Triste historia!! só prova que cada um é o que queremos ser...!! continuar lendo

Quantas oportunidades já não foram desperdiçadas por tantas pessoas neste momento, oportunidades de escolha que poderiam fazer diferença no agora ou no futuro.

Quantas oportunidades não foram colocadas em segundo plano por conta de orgulho, de poder, de posição.

Quantos que neste momento dariam tudo se pudesse voltar no tempo em face de não aproveitar as oportunidades que foram colocadas à disposição. Muitas oportunidades são únicas. (Ec 9.11,12). continuar lendo

Vítima da sociedade também? continuar lendo

Hahhhh... se fosse no Brasil eu diria que sim, mas nos EUA existem muitas e muitas oportunidades.
Eu jamais culparia um pai desempregado e mal instruído por roubar comida para o filho, contudo condeno pessoas instruídas (JOSE DIRCEU, FHC, LULA, HENRIQUE ALVES, RENAN CALHEIROS, etc.) por tentarem ocultar e quererem manter o país na roubalheira que está. continuar lendo